O Tehuelche Legado

  • Plata.jpg
  • Reciclado 2.jpg
  • Capacitacion 1.jpg
  • Reciclado 3.jpg
  • Residuos 1.jpg
  • Premio 2018.jpg
  • Capacitacion 2.jpg
  • Plata.jpg
  • Tehuel 5.jpg
  • Cuadraditos 1.jpg
  • Ahorro Luz.jpg
  • Cuadraditos 3.jpg
  • Residuos 5.jpg
  • Tehuel 4.jpg
  • Capacitacion 3.jpg
  • Reciclado 1.jpg
  • Plata.jpg
  • Tehuel 2.jpg
  • Ahorro Agua.jpg
  • Tehuel 6.jpg
  • Residuos 2.jpg
  • Ahorro energetico 1.jpg
  • Ahorro Luz 1.jpg
  • Nuestro compost.jpg
  • Plata.jpg

Cultura Viva no Kosten Aike

SIMBOLISMO "TEHUELCHE"Os ?tehuelches? tinham um grande domínio da pintura, e utilizavam criativamente um amplo simbolismo em seus ?quillangos? (kai ajnun), agasalhos feitos com peles de animais, com a pelagem para o interior, ao revés dos agasalhos atuais.

O que se percebia, era o descarne do animal, algo não muito estético, sobre o qual, as mulheres ?tehuelches? pintavam, com precisão quase matemática, imagens que seriam invejadas por qualquer Desenhista de indumentária moderna.


A Hospitalidade, um costume bem " Tehuelche" 
 Ser convidado a um ?toldo tehuelche?, significava que o visitante devia ficar melhor que no próprio lar. Mesmo se tratasse de um inimigo, ele poderia andar sem problemas, dormir onde quiser e beber o que mais gostar, e jamais algum dos seus anfitriões, perguntaria pelo dia da sua partida. Mas, para alcançar esse privilegio, primeiro teria de ser convidado. As visitas surpresa, não eram aceitas e deviam avisar com antecedência, mediante sinais de fumaça, e esperar a confirmação. Caso contraria, as boas-vindas não serão tão calorosas. 

Muitos anos depois, Kosten Aike conserva esse conceito de atenção ao hospede, e só demanda avisar com a devida antecipação, para segurar a sua reserva.